Visitantes

Nós temos 123 visitantes online

Avisos

Hora Certa

Ulti Clocks content

Visitas

Visualizações : 6287008

Fotos dos Dragões

Esqd GLO
Image Detail

Calendário de Eventos

<<  Dezembro 2014  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
  1  2  3  4  5  6  7
  8  91011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

GTranslate

English Arabic French German Italian Portuguese Russian Spanish Filipino

Contagem de Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterTotal18301508

. . . Horário Mundial . . .

A Guerra da Tríplice Aliança PDF Imprimir E-mail
Escrito por Ten Mergulhão, Editor   

Em 19 de outubro, um dia chuvoso, tivemos no velho casarão do Palacete Laguna, que foi residência do Mordomo Real conhecido também como alcoviteiro de D. Pedro, o Chalaça, o I Seminário de História da Guerra da Tríplice Aliança.

O casarão, muito bem conservado, serviu também de residência aos Ministros da Guerra, depois, do Exército e hoje abriga o Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército, dirigido pelo amigo General de Brigada Márcio Tadeu Bettega Bergo.

 

 

Foi uma jornada de um dia inteiro, super interessante, onde atualizei meus conhecimentos e os enriqueci com muitas informações e detalhes que não conhecia, dada a qualidade dos palestrantes, todos Mestres, que por lá passaram.

A abertura foi pelo Gen Bergo. Em sua fala de boas vindas, a preocupação em deixar claro que não comemoramos, e sim rememoramos, os fatos e casos daquela Guerra, principalmente nossas falhas, cuidados para não criar embaraços com o país amigo.

 

 

Então tivemos uma conferência de mais de uma hora, pelo Professor Doutor Vitor Izecksohn da UFRJ, que abordou o tema “A guerra do Paraguai e a emergência do Exército Brasileiro como força política no ocaso do Império”.

Depois de um coffe brake, começaram os painéis, sempre com três conferencistas que apresentavam seu tema por 20 minutos, tendo um moderador e ao final, perguntas dos assistentes.

 

 

A primeira mesa, sob o tema “A falta de comando aliada no início da campanha” foi coordenada pelo Vice Almirante Armando Senna Bittencourt (DPHDM) e tinha os seguintes palestrantes: Vice Almte Armando Senna Bittencourt (DPHDM), Cel Darzan Neto da Silva (IGHMB/UNIRIO) e o Professor Doutor Braz Batista Vas (UFT) que veio do Estado do Tocantins.

 

 

Então tivemos o intervalo do almoço que aconteceu no Museu Militar Conde de Linhares, em São Cristóvão. Para este Oficial R/2, um lugar sagrado, responsável pela minha formação militar e tudo o que sou hoje, já sexagenário, pois, lá, de 1927 a 1968, funcionou o primeiro CPOR criado no Brasil pelo patrono Ten Cel Luiz de Araujo Correia Lima.

Como sou Aspirante de 1965, passei por aquela casa e o leitor ou leitora, pode imaginar o que sentimos, cada vez que voltamos lá. Naquele tempo, o CPOR era feito em 2 anos (hoje em 10 meses) e tinha um efetivo de 1.200 Alunos nas duas turmas. O sinal da diminuição do tamanho do Exército é o efetivo do CPOR hoje, de apenas 200 Alunos.

A segunda mesa, primeira da tarde, teve o tema ”O Comando do Marquês de Caxias e o fim do impasse em Tuiuti” e foi coordenada pelo “Cel Fernando Vellôzo Gomes Pedrosa (CEPHIMEx/UFRJ – PPGHC) tendo os seguintes palestrantes: Professor Doutor arcos Sanches (UNIRIO/UGF), Gen Bda Sérgio Roberto Dentino Morgado (IGHMB) substituído pelo Cel Vellôzo, e o Capitão Elton Licério Rodrigues Machado (AMAN).

 

 

Após mais um intervalo, a última mesa, com o tema “A logística brasileira na Guerra da Tríplice Aliança”, coordenada pelo Coronel Marco Antonio Cunha (CEPHIMEx) e tendo como palestrantes o Gen Bda Sérgio Roberto Dentino Morgado (IGHMB)que não pode comparecer e foi substituído pelo Cel Vellôzo, Gen Bda Marcio Tadeu Bettega Bergo (CEPHIMEx) e o Primeiro Tenenete da Marinha Renato Jorge Paranhos Testier Jr (DPHDM/UFRJ).

 

 

Dentre os muitos assistentes que fizeram perguntas, um dos últimos foi meu grande amigo de muitos anos, Gustavo Heck, filho do ex-Ministro da Marinha Sylvio Heck, famoso em sua época, e que este Editor não o encontrava há muitos anos, tendo notícias apenas em suas aparições na TV já que é professor da ESG entre outros cargos.

 

 

 

Ao final, foi entregue aos participantes um bonito Certificado.

 

 
Joomla Templates by Joomlashack